DER-SP tomará medidas sobre problemas de visualização na SP-294

DER-SP tomará medidas sobre problemas de visualização na SP-294

Um problema apontado pelo Destaque pode ter solução em breve. A má visualização em dois trevos da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros – SP-294 – poderá ter solução ainda nesta semana.

A afirmação é do Departamento de Estrada e Rodagens (DER-SP), ligado a Secretaria de Logística e Transportes do estado. Uma reunião com o prefeito Valter Luiz Martins vai estudar a implantação de um novo trevo no bairro Venda Branca.

Moradores do bairro e funcionários do presídio, que usam diariamente os trevos próximo ao Km 573 e 575,

SP 294 - JOÃO RIBEIRO DE BARROS

Má visibilidade provocou acidente na sexta-feira, 14

reclamam da falta de visibilidade no local, principalmente pela altura do mato no terro.

Mas o principal problema é a altura de um barranco, que deixa ainda mais perigosa a vida de centenas de funcionários que trafegam no local diariamente. Também não há nenhuma iluminação pública no local, muito menos avisos aos motoristas para reduzirem a velocidade por conta do tráfego de veículos.

A divisão 12 do DER-SP, responsável pela manutenção da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), afirmou que estudos sobre a implantação de uma rotatória e limpeza das placas serão realizadas.

“Os funcionários do DER realizarão nesta semana a limpeza das placas e corte dos matagais que impedem a visualização dos motoristas. Há um pedido do prefeito e vereadores de Osvaldo Cruz sobre a implantação de um trevo no bairro Venda Branca. No momento a área passa por estudos”, falou o diretor João Augusto Rodrigues.

A SP-294 recebe grande fluxo de veículos, principalmente os de grande porte. Por não ter pedágios, poucos radares e balanças de controle, a rodovia se torna a escolhida por caminhoneiros.  O que torna o tráfego na SP-294 ainda mais perigoso.

O problema de má visualização em cruzamentos da SP-294 gerou um acidente com vítima grave na sexta-feira, 24, na entrada da Penitenciária de Osvaldo Cruz. Um agente penitenciário que estava com mais três passageiros teve dificuldades em enxergar devido ao sol e um barranco com o mato alto existente no local. O veículo Voyage colidiu com um Gol, que seguida na estrada.

Briga antiga

Em 2009, os moradores do bairro Venda Branca realizaram um abaixo assinado reivindicando a construção de um trevo na rodovia. Segundo eles, vários acidentes acontecem no local, muitos com vítimas fatais. O caso mais lembrado foi quando três crianças morreram e outras 13 ficaram feridas em um acidente entre um ônibus escolar e um caminhão.

Um posto de combustível, que fica na rodovia, também realizou um requerimento exigindo alterações no cruzamento, com o objetivo de evitar acidentes.

O documento foi protocolado junto a Prefeitura, que na época garantiu buscar verbas para a criação de um trevo no local. Até agora nenhuma providência ou medida preventiva foi tomada.

Em nota ao Destaque, a assessoria de imprensa da Prefeitura afirmou que a responsabilidade sobre os cruzamentos na rodovia são de competência do DER. A prefeitura ainda realiza serviços de limpeza e manutenção ornamental nos trevos que ligam a SP-294 à via de acesso Vasco Pigozzi e à vicinal Roberto Antônio Romanini por se tratar de acesso à área urbana do município, mas que os serviços de manutenção e sinalização viária cabem ao DER-SP.

Comente

Seu e-mail não será publicado.

Imagem CAPTCHA

*